Envie uma mensagem para nós!

Nome: Adriano Campos Pereira

|

Registro sob N°: MG-077649/O

|

Categoria: Contador

ACP Contabilidade BH

Rua Bom Sucesso, 342 - Carlos Prates - Belo Horizonte/MG

(31) 3317-1146

acpcontabilidadebh@acpcontabilidadebh.com.br

acpcontabilidade@bol.com.br

Publicado em sexta, 27 de maio de 2022

FIQUE ATENTO - Plano Anual será lançado em breve para fiscalizar irregularidades fiscais

A fim de evitar sonegação fiscal, preenchimento incorreto das notas fiscais ou da declaração da pessoa jurídica, pagamento atrasado de impostos, entre outras irregularidades, os órgãos federais estão sempre fiscalizando as empresas. 

Mas, você pode se perguntar como é feita essa fiscalização? Através do  Plano Anual de Fiscalização da Receita Federal que é uma iniciativa que promove a autorregularização e a conformação à legislação tributária. 

A expectativa é que ele seja publicado até o fim deste semestre. Quer saber mais do assunto? Acompanhe.

O que são irregularidades tributárias?

Em linhas gerais, irregularidades tributárias são fraudes no acerto de contas relativas aos tributos devidos ao Estado. Estão, nesse sentido, a sonegação fiscal, a não emissão de notas fiscais em processos comerciais e o ato de fraudar ou inutilizar documentos e livros fiscais.

Essas irregularidades podem ser cometidas por pessoas físicas ou jurídicas  e por funcionários públicos, segundo diz a lei. Todas essas más condutas causam danos aos cofres públicos e, por isso, são punidas com sanções que vão desde multas até prisão. 

O que é o Plano Anual de Fiscalização?

O Plano Anual de Fiscalização da Receita Federal é uma iniciativa que promove a autorregularização e a conformação à legislação tributária. O principal objetivo é buscar o cumprimento da legislação para garantir a arrecadação tributária.

O Plano Anual de Fiscalização da Secretaria da Receita Federal para o ano de 2022 ainda não foi publicado. Normalmente, essa publicação ocorre ao final do primeiro semestre, contudo, no ano de 2021 foi publicado no segundo semestre. Ele detém informações extremamente relevantes referentes à atuação da Receita Federal do Brasil no âmbito das fiscalizações tributárias.

Entre os itens analisados no Plano Anual de Fiscalização pela Receita Federal, estão controles e cruzamentos de dados da pessoa física, omissão de receitas nas vendas de mercadorias, planejamento tributário abusivo em reorganizações societárias (geração de ágio), omissão de receita por optantes do Simples Nacional, evasão fiscal nos setores de cigarros, bebidas e combustíveis, não recolhimento de imposto retido na fonte, declarado na obrigação acessória (DIRF)  e sonegação previdenciária por registro indevido de opção pelo Simples Nacional.

Quais são as principais irregularidades tributárias?

As principais irregularidades tributárias são:

Como evitar irregularidades tributárias?

Algumas atitudes podem ser tomadas para se precaver de cometer alguma irregularidade. A primeira delas é contar com uma boa equipe de profissionais que dominam a legislação tributária e podem prestar o suporte necessário para que o empreendedor consiga cumprir as suas obrigações principais e acessórias de forma correta. Cerque-se de um bom contador ou contrate um escritório contábil que acompanhe a vida fiscal do seu negócio.

Outra boa iniciativa é contar com softwares contábeis que ajudem na organização, no preenchimento e envio das obrigações tributárias. Faça uso da tecnologia disponível a seu favor.

Fique atento a toda contabilidade de sua empresa a fim de não correr riscos com a Receita Federal e ficar submetido às penalidades.


Fonte: Jornal Contábil

ACP Contabilidade BH

Venha fazer uma parceria de Sucesso! Encontre em nossa empresa tudo o que precisa.

Mídias Sociais

Interaja conosco pelos nossos perfis e saiba de todas as novidades.

Desenvolvido por Sitecontabil 2020 | Todos os direitos reservados | Administrador